A Origem e Significado da Instalação de um Venerável Mestre


Avental do Venerável Mestre (Foto: Site O Malhete)

Existem muitas teorias, histórias e até mesmo estórias acerca do tema. A Instalação de um Venerável Mestre é um acontecimento muito aguardado por todos os envolvidos. É um evento de suma importância para a história de uma loja, de uma Potência e de toda a Maçonaria Universal.


Com ele se renovam as energias, as esperanças, abre-se espaço para novos aprendizados, além de gerar um novo ciclo de desenvolvimento e avanço. Afinal, água parada fica turva.


Vamos falar um pouco do seu significado e origem.


O que significa instalação?


Definição e etimologia


No Dicionário on-line da Língua Portuguesa está escrito: “Ação de instalar, estabelecer algo ou alguém em determinado lugar. Colocação de algo no seu devido lugar”.


O verbo instalar vem do latim “installare” que significa “introduzir na cadeira”. Em poucas definições e buscando a etimologia da palavra, podemos constatar que instalação na maçonaria é muito mais do que uma posse. Todas as outras funções em loja tomam posse. O Venerável Mestre é instalado, introduzido na cadeira.


Contexto histórico


Trono de Salomão (Imagem: Site jw.org)

Na verdade, a cadeira em loja tem um valor simbólico altíssimo. O Venerável senta e é instalado no Trono de Salomão. Esse costume é muito antigo, e antecede até mesmo a criação do Grau de Mestre Maçom. No passado, haviam apenas dois graus: o de Aprendiz e Companheiro.


Os Companheiros escolhiam quem seria instalado no Trono de Salomão, e este eleito, então era chamado de Mestre da Loja. Se verificarmos a primeira edição da constituição de Anderson, de 1723, não consta o Grau de Mestre Maçom. Apenas na edição seguinte de fato esse grau apareceria. Mas o antigo costume de “instalar” o Venerável Mestre já existia.


A grande influência para o ato de “Instalar” foi herdada pela cultura monárquica dos britânicos.


Os grandes Reis, a exemplo do próprio Rei Salomão, eram “instalados’ no trono.


Quem instala?


O correto é que o Venerável Mestre instale seu sucessor. Esse ato deve acontecer conjuntamente com pelo menos 3 Mestre Maçons anteriormente instalados. Forma-se assim a Comissão Instaladora.


É direito daquele que está deixando o cargo passar o malhete para quem assume em seu lugar, protocolo típico de um processo democrata.


Origem do título de Venerável Mestre


Sua origem remonta século XVII, período transicional da Maçonaria Operativa para a Especulativa. Advém do inglês “Worship” que quer dizer culto, adoração e reverência. Derivado e como pronome de tratamento se transforma em “Worshipful” que significa adorado, reverente ou venerável. Então “Worshipful Master” se traduz Venerável Mestre. Na Alemanha se denomina Mestre da Cátedra, em alemão “Meister vorm Stuhi”.


O veneralato e a cátedra são indissociáveis. Um aspecto importante do Mestre Instalado é o direito que ele tem de sagrar homens e objetos. Como a cátedra do Venerável Mestre é o Trono de Salomão, e este foi um dos mais sábio Reis que a Terra já vivenciou, ele unge maçom e o faz maçom.


Embora não seja considerado um grau, ele possui uma superioridade hierárquica. Essa superioridade se vê quando no Sessão Magna de Instalação, após aprendizes, companheiros se retiram para cobrir o templo, os Mestres não instalados recebem a mesma ordem, ficando apenas Mestres Instalados.


Jorn Mendes Netto

MTB: 71.351 SP

Diretor de Comunicação e Marketing GOISP

190 visualizações

Informações:

 

Atendimento Poder Central

 

De 2ª Feira á 6ª Feira

Das 14hs as 20hs ( horário de Brasília)

Fechado: Domingos e feriados*

*Sujeito a alterações

 

Telefones de Atendimento 24 Hs

(11) 9.4761 - 3852 Nextel

+55 (11) 2337 - 7595 

E - MAIL:

Telefone Poder Central:: 

Visitantes

  • Facebook App Icon
  • Instagram
  • Twitter App Icon
  • LinkedIn App Icon
  • Blogger ícone social

© 2012-2020 by GOISP - Grande Oriente Independente do Estado de São Paulo